Music

Cantiga profana

04:20
Léo Lago
2009
Léo Lago

Lyrics

Quero beber do vinho do desconhecido
Quero provar do fruto que foi proibido
Deus não escreve livros mas sim a mão do homem
Já faz tempo não acredito em bicho-papão nem lobisomem

 

Quero dançar entre xamãs e pajés
Quero saudar deus Baco - evoé!
Fazer uma orgia e comungar com a deusa da terra
Sentir a mãe natureza e descobrir uma nova era

 

Quero dançar ao som do festim de Pã
Quero ficar face a face com Satã
Quero discutir filosofia com anjos, arcanjos e serafins
Quero entender o que vem do começo e qual é enfim o seu fim

 

Quero rasgar o antigo e negro véu
Quero rodar em transe sob o léu
Quanto conhecimento enterrado sob um lixo de superstição
Pensam que tudo que não é santo com certeza é do cão

 

Quero beber da água da fonte da vida
Quero enfiar meu dedo bem na ferida
Quero beber seu sangue e comer sua carne numa transmutação
Quero com o universo inteiro fazer a grande comunhão

 

Quero sentir o real poder de Deus
Pois ele vê o mundo pelos olhos meus
O satanista e o crente são duas faces de uma mesma moeda
O mal não larga do bem, e o bem do mal não arreda

 

Quero saber do universo, a verdade
Quero dar adeus a toda insanidade
Quero esquecer os monstros das fogueiras, as velhas quimeras
Quero andar junto aos meus irmãos, filhos dessa terra

 

 

Join my e-mail list!

Jukebox